Gmail torna-se 1º app Android a chegar à marca de 1 bilhão de instalações

Gmail torna-se 1º app Android a chegar à marca de 1 bilhão de instalações

Então, era apenas uma questão de tempo até que um aplicativo na loja da Google Play alcançasse essa marca de um bilhão também, e parece que esse aplicativo é o Gmail da própria Google.Em setembro passado, a Google anunciou que sua plataforma Android havia alcançado sua bilionésima ativação e que continuava a dominar os números ao redor do globo em termos de produtos enviados às lojas.
Se você prestar atenção nos dados da comScore, o Facebook tem sido o app mobile mais popular quanto a usuários ativos no mês, e até mesmo o buscador Google e o YouTube têm a tendência de serem mais populares que o Gmail. Porém, foi o software de email da companhia que veio a tornar-se a primeira aplicação a alcançar o número de 10 dígitos.
Gmail torna-se 1º app Android a chegar à marca de 1 bilhão de instalações
Não está claro quando o recorde foi alcançado, mas o AppBrain tem o registro no dia 6 de maio. Tecnicamente, os serviços da Google Play atingiram a marca de um bilhão há alguns meses, mas não tratava-se exatamente de um app. Obviamente, o Gmail é também um elemento que vem em um pacote, então não é como se ele tivesse sido necessariamente baixado por um bilhão de usuários, especialmente quando o Gmail não possui tantos usuários mensais ativos.

 

Próximos candidados


Há alguns aplicativos que já passaram da marca dos 500 milhões e seguem rumo à de 1 bilhão de instalações, como o buscador Google, o Google Maps, o YouTube, o Facebook e o WhatsApp. Seria interessante ver qual seria o próximo a integrar o pódio.

É natural pensar que seja algum app a própria Google, mas, desde que o Facebook anunciou que tem 609 milhões de usuários diários contando todas as plataformas, não devemos descartá-lo como candidato.

Epic anuncia um novo Unreal Tournament para PC


Produtora frisa que não será free-to-play, será mesmo gratuito. 

Um novo Unreal Tournament entrou hoje em produção, foi anunciado pela Epic Games numa transmissão via Twitch. 

O jogo será publicado para PC, Mac e Linux e será criado com a ajuda da comunidade que, segundo a produtora, "é tão apaixonada por Unreal Tournament como nós somos". 

"Sabemos que vocês tem excelentes ideias e fortes opiniões sobre a direção do jogo e o que ele deve ser. Portanto, vamos fazer algo radical e criar este jogo em conjunto, abertamente, e para todos nós", pode-se ler na mensagem deixada pela Epic. 


A produção pode começar agora, mas o plano já está traçado: 

Criamos uma pequena equipe de veteranos de UT que estão a começar o projeto hoje. 

Desde a primeira linha de código, a primeira arte criada e a decisão de design tomada, o desenvolvimento vai decorrer abertamente, numa colaboração entre a Epic, fãs de UT e criadores UE4. Vamos usar os fóruns para as decisões e os streams no Twitch para atualizações regulares. 
Se são fãs e querem participar, criem uma conta gratuita e juntem-se à discussão nos fóruns. 

  1. Todo o código e conteúdo serão disponibilizados para os criadores UE4 emtempo real no Github.
  2. O jogo honrará as suas raízes como um FPS competitivo.
  3. O desenvolvimento será focado no PC, Mac e Linux.


Além do plano para a sua produção, na mensagem publicada por Steve Polge pode-se ler mais algumas vicissitudes do ciclo de produção: 

  1. Vai demorar vários meses até que o projeto seja jogável pelos jogadores, Isto é mesmo um desenvolvimento a partir do zero.
  2. Quando se tornar jogável, será gratuito, Não será free-to-play, apenas gratuito.
  3. Eventualmente vamos criar um mercado onde os programadores, modders, artistas e jogadores podem oferecer, comprar e vender mods e conteúdo. Os lucros desse mercado serão divididos pelo criador do mod/conteúdo, e pela Epic. É assim que pretendemos pagar o jogo.


Finalmente, se quiserem saber mais sobre o projeto, a Epic aconselha que consultem a Wiki que foi criada para o jogo.

Duas novas imagens de Batman: Arkham Knight

imagem

imagem


Vamos aguardar pela E3 por um possível gameplay.

Novas imagens de Dragon Age: Inquisition

imagem


Hoje a EA Games e a BioWare Edmonton divulgaram sete novas imagens do seu proximo RPG Dragon Age: Inquisiton

As imagens divulgadas mostram um dragão, cristais Red Lyrium, montanhas cobertas por muita neve e locais como um castelo e um vilarejo que parecem abandonados e com um aspecto de um local morto. 

imagem


Dragon Age: Inquisition será lançado em dia 07 de outubro para Xbox 360,Xbox OnePS3PS4 e PC.

Watch Dogs: Ubisoft libera novas Screenshots

imagem

A desenvolvedora Francesa Ubisoft  lançou um novo conjunto de Screenshots do seu próximo título de mundo aberto. Watch_Dogs contará com um ciclo de dia e noite em tempo real, bem como mais de 100 tipos de hacksmais de 75 veículos emais de 100 horas de gameplay.

O jogo tem como objetivo também oferecer uma cidade que "vai se sentir vivos", como os jogadores nunca viram antes com muitos NPCs únicos que povoam a cidade . Será interessante ver se a Ubisoft vai ser capaz de entregar algo parecido. Watch_Dogs lança no dia 27 de maio para PCPS4Xbox OnePS3Xbox 360. A versão WiiU será lançada posteriormente. Divirta-se!

imagem


imagem


imagem


imagem


imagem


imagem


imagem

Fonte: Dsogaming

Sid Meier's Civilization: Beyond Earth suportará AMD Mantle



imagem


Sid Meier's Civilization: Beyond Earth, um jogo de estratégia baseado em turnos ambientado na era interestelar, em que você viajará e colonizará planetas em nome da Realpolitik, foi anunciado nesse fim de semana e suportará o AMD Mantle, além do DirectX 11. O Mantle poderá fazer o jogo melhorar o desempenho em APUs AMD "Kaveri" com melhorias visuais, inclusive com resoluções mais altas, como a 1080p. 

O Mantle reduz o uso da CPU no processamento gráfico e, por isso, beneficiarão as APUs. O desenvolvedor Firaxis anunciou que o jogo rodará nas três plataformas doPC: Windows, MAC OS e Linux (via Steam). 

Mas não coloque na sua lista de desejo para o nosso inverno. Ele está planejado para sair na primavera de 2014.

Vídeo relacionado ao jogo:


Fonte: Techpowerup